• Quem é Quem - Profhistória
  • Facebook
  • Youtube

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 408 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ALYNE SELANO O MUSEU ESCOLAR E REFLEXÕES HISTÓRICAS: USOS E APROPRIAÇÕES DA MEMÓRIA NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO GOVERNADOR ROBERTO SILVEIRA 2016 CARINA MARTINS COSTA UERJ
Resumo
O trabalho em questão foi elaborado a partir da motivação em dinamizar o Instituto Histórico do Instituto de Educação Governador Roberto Silveira, escola da rede estadual de ensino, localizado no município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, através da produção de uma exposição com fontes selecionadas pelos alunos atuais do Ensino Médio Normal Formação de Professores, que se dedicaram voluntariamente desde que estavam no nono ano do Ensino Fundamental II às diferentes atividades propostas no decorrer de um ano e meio, entre os anos de 2015 e 2016, tornando-se produtores da exposição “Nosso Espaço, Nosso Tempo: diálogos com os tempos no IEGRS”. Essa experiência contou com as reflexões a respeito da história, memória e patrimônio, utilizando ações voltadas para a educação patrimonial através de dinâmicas que possibilitaram esse grupo de alunos a pensar e intervir naquele espaço, propondo um diálogo com os objetos de outras temporalidades. A construção da exposição pelos alunos-produtores visou ampliar o horizonte de aprendizagem, superar os desafios que se colocaram pelo caminho e possibilitar a ressignificação do espaço por eles e, não somente isso, despertar a curiosidade e o interesse dos alunos-visitantes, ampliando o convite à reflexão sobre o Instituto, a história, a memória e sobre o próprio aluno enquanto protagonista da sua história dentro e fora da escola.
Palavras-chave
Profhistoria;Ensino de História;Museu Escolar;Educação Patrimonial.;Instituto de Educação Governador Roberto Silveira
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
MARCIA DE SOUSA DA SILVA MAIA PARQUE INDÍGENA DO XINGU: UM JOGO PARA A LEI 11.645/2008 2016 EUNÍCIA BARROS BARCELOS FERNANDES PUC-RIO
Resumo
É apresentado um material didático para o Ensino Fundamental II em formato de um jogo pedagógico que tem como objetivo informar sobre indígenas contemporâneos. Através deste jogo, o aluno terá acesso a dados sobre algumas etnias do Parque Indígena do Xingu (PIX) e a temas que as envolvem, tais como formação e disputa de território; relação entre indígenas e natureza; relação entre diferentes indígenas entre si; relação entre indígenas e o restante da sociedade. O jogo pretende construir uma perspectiva histórica diferenciada, afastando-se do modelo de narrativa linear que apresenta verdades e promovendo uma percepção de história dinâmica, permeada por conflitos e questões não resolvidas, expressando que a história é mudança. O jogo aposta na apresentação dos indígenas como protagonistas na sociedade contemporânea.
Palavras-chave
Xingu; jogo pedagógico; Lei 11.645/2008; indígenas
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ORLANDO AMENDOLA ENSINO-APRENDIZAGEM DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA PROPOSTA DIDÁTICA 2016 JUÇARA DA SILVA BARBOSA DE MELLO PUC-RIO
Resumo
A Educação de Jovens e Adultos constitui uma modalidade da Educação Básica, conforme está previsto na LDB 93949/96 e no Parecer 11/2000/DCNs. Para além das questões que norteiam a educação escolar de um modo geral, a modalidade EJA apresenta especificidades, como a origem e condição social e escolar do discente. A SEEDUC/RJ implantou, na Rede Estadual de Ensino, no ano de 2013, o Projeto NEJA que tem como objetivos a relevância de avaliação, currículo e material didático adequado às condições particulares dos alunos da EJA. A idealização e a produção de material didático de essência complementar inserem-se nesse contexto da NEJA e têm como finalidades atender a melhor qualificação acadêmica e a formação cidadã dos alunos da NEJA, Módulo III.
Palavras-chave
Ensino e Aprendizagem de História; EJA; Redemocratização
Link
dissertação