• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 220 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
CACILDA CRUZ A CONSTRUÇÃO DOS CENTROS DE ESTUDOS DE JOVENS E ADULTOS NO RIO DE JANEIRO: UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA (1960 ATÉ 2013). 2019 VERA LÚCIA BOGÉA BORGES UNIRIO
Resumo
A formação dos Centros de Educação de Jovens e Adultos no Rio de Janeiro: a memória do uso da tecnologia e a experiência da disciplina de História no Ceja Copacabana. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em História – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018. 111 f. A dissertação tem como objetivo principal apresentar a memória da formação dos Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEJAs) dando destaque para o uso de tecnologias no sistema a partir das diferentes temporalidades. Estas escolas fazem parte da Rede Estadual de Ensino do Rio de Janeiro. E são voltadas para jovens e adultos que estão fora da idade escolar e que desejam concluir o Ensino Fundamental e Médio. As discussões acerca de ensino de História, memória, visitas guiadas e abolição da escravidão foram articuladas nas análises tanto da dissertação quanto do produto que foi elaborado e acompanha o texto principal. A pesquisa apontou para a importância da realização de visitas guiadas direcionadas aos alunos do CEJA Copacabana tanto em relação ao Campo de Santana e seu entorno (2017) quanto a ida à exposição dos 130 Anos da Abolição da Escravatura promovida pelo Arquivo Nacional (2018) no centro da cidade do Rio de Janeiro. Os estudantes tiveram a oportunidade de (re) elaborar sua interpretação acerca de conteúdos históricos abordados nos Ensinos Fundamental e Médio de maneira crítica a partir da dinâmica proposta pelo setor educativo do Arquivo Nacional e devidamente registrada no produto elaborado.
Palavras-chave
rofhistória - História - Centro de Estudos de Jovens e Adultos, CEJA Copacabana, Ensino de História, Memória e Tecnologia
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
DAYANNE ROMANO HISTÓRIA LOCAL E PATRIMÔNIO INDUSTRIAL: VISITANDO E APRENDENDO COM A ESTAÇÃO SERICÍCOLA DE BARBACENA 2019 ANITA CORREIA DE LIMA ALMEIDA UNIRIO
Resumo
Este trabalho volta-se para a história da Estação Sericícola de Barbacena – MG e seu potencial como espaço informal de aprendizagem. Aborda, primeiramente, a história da antiga fábrica de seda e sua cultura de produção. Em seguida, transforma este conteúdo em conhecimento ensinável por meio de uma aula de campo para turmas de Ensino Fundamental. Com a aula de campo, o objetivo foi abrir espaço para discussões acerca do patrimônio local, da formação de identidade e da cidadania. E, afinal, das potencialidades dos espaços extraescolares e, em particular, dos bens patrimoniais, como ferramentas para o Ensino de História. Como resultado da pesquisa, foi produzido um Guia de aula de campo para a Estação Sericícola, com orientações sobre como explorar com fins educacionais o espaço, contendo ainda sugestões para o uso educacional de outros locais da cidade. O material produzido destina-se a professores e demais interessados na história local.
Palavras-chave
Profhistória - História - História; Ensino de História; Patrimônio; Aula de Campo; Identidade; Cidadania
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
RAFAEL GUEDES NEGRITUDE E SAMBAS ENREDO NO CARNAVAL DE 1988: A CAIXA DO SAMBA E OS G.R.E.S BEIJA FLOR, MANGUEIRA, TRADIÇÃO E VILA ISABEL EM INTERFACE COM O ENSINO DE HISTÓRIA 2019 VERA LÚCIA BOGÉA BORGES UNIRIO
Resumo
Negritude e Sambas enredo no Carnaval de 1988: a Caixa do Samba e os G.R.E.S. Beija-Flor, Mangueira, Tradição e Vila Isabel em interface com o ensino de história. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em História – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019. 185 f. A dissertação tem como objetivo principal discutir a negritude em seus diferentes alcances e abordagens com destaque para as questões associadas às identidades étnico-raciais, às interações culturais, ao racismo, às desigualdades sociais e ao preconceito. Para tanto, o gênero musical samba-enredo que se consolidou no Brasil desde os primórdios como um veículo de manifestação cultural e de transmissão de tradições e valores da população majoritariamente negra merece destaque na reflexão apresentada. Como produto final, a Caixa de Samba constitui um conjunto de atividades que articula as questões da negritude com a música a partir da seleção de quatro sambas enredo referentes aos Grêmios Recreativos Escolas de Samba Beija-Flor, Mangueira, Tradição e Vila Isabel que no ano de 1988 abordaram temas relacionados à negritude em função das celebrações por ocasião do centenário da abolição da escravidão no país. Neste sentido, a discussão conceitual acerca da cultura popular, da indústria cultural e da consciência histórica é realizada nos diferentes capítulos.
Palavras-chave
Profhistória - Ensino de História - Negritude; Samba Enredo; Cultura Popular; Escola de Samba; Caixa de Samba; Consciência Histórica; Beija-Flor; Mangueira; Tradição; Vila Isabel.
Link
Dissertação