• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 259 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
GERALDYNE MENDONÇA DE SOUZA TRAJETÓRIAS DA LUTA NEGRA PELA EDUCAÇÃO: UMA INSPIRAÇÃO EM MUNDINHA ARAÚJO 2018 RODRIGO DE ALMEIDA FERREIRA UFF
Resumo
A aprovação da lei 10639/03 é de suma importância para a população negra, mas somente a existência desta legislação não é capaz de garantir uma educação de qualidade, inclusiva. É a forma como cada professor encara sua prática docente que permite esta transformação. Inspirada pelas práticas e militância de Mundinha Araújo, busquei revisar meus métodos e desenvolver atividades que visassem o fortalecimento das identidades individuais dos discentes, despertando-os para a potência de seu agenciamento. Considero que esta mudança no acolhimento dos estudantes pela escola é essencial para uma educação voltada para saudáveis relações étnico-raciais, promovendo um real combate ao racismo.
Palavras-chave
: Ensino de História; Mundinha Araújo; racismo; educação; relações étnico-raciais
Link
Dissertaçao
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
RAFAEL ALVES ROSSI A HISTÓRIA ANTIGA NA SALA DE AULA DO 6° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL COM “CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS” 2018 RENATO JÚNIO FRANCO UFF
Resumo
Este trabalho propõe a utilização da “contação de histórias” como forma de apresentaçãodos temas de História Antiga para os alunos do 6° do ensino fundamental, trazendo adimensão do lúdico para dentro da sala de aula. Como método de trabalho a partir dostemas expostos, indica-se o trabalho em grupo, que estimula a cooperação, o debate entre os estudantes, a troca de experiências e potencializa o desenvolvimento intelectual dos alunos, tendo como material a ser trabalhado uma diversidade de textos, em diversas formas e interpretações, sobre os temas de História contados em sala. O conceito de herói, nesse trabalho, num contexto sociocultural em que nunca antes essa temática esteve tão presente nas diferentes mídias, orienta as narrativas e se apresenta de maneira mais rica e complexa, com heróis coletivos, heróis míticos e a relação dos heróis individuais tradicionais da história dos “grandes homens” com as coletividades a que eles pertenciam.
Palavras-chave
Ensino de História; Produção e difusão de narrativas históricas; Cultura visual, mídias e linguagens; Contação de Histórias; Lúdico; História Antiga.
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
JOSÉ CONCEIÇÃO DA SILVA CONTANDO HISTÓRIAS NAS AULAS DE HISTÓRIA: UMA REFLEXÃO SOBRE MEMÓRIA E NARRATIVA 2018 RODRIGO DE ALMEIDA FERREIRA UFF
Resumo
Este trabalho tem como objetivos discutir, a partir dos conceitos de memória e narrativa, os conteúdos referentes à escravidão e à realidade dos afrodescendentes no pós-abolição próprios do currículo, considerando o nono ano do Ensino Fundamental. Partindo da prática de contar histórias de ficção para mobilizar os alunos, foi elaborado o personagem Julius. Homem negro criado no subúrbio do Rio de Janeiro, acometido por visões sobre o século XIX. Atordoado, passa a investigar a origem das imagens que aos poucos vão envolvendo-o. Em determinado momento, Julius relaciona as visões com as histórias contadas por um velho tio, com quem conviveu na infância. Histórias que seu tio ouviu quando era criança de pessoas que vivenciaram a escravidão. A memória é usada como uma ponte temporal que leva o personagem, sem sair do século XXI, a ir ao passado e voltar. Outro objetivo a ser alcançado é estimular a produção textual dos alunos, convidando-os a assumirem a redação da narrativa trabalhada. O trabalho apresenta um plano de aula para o desenvolvimento dessa atividade, e a descrição de sua aplicação em uma determinada turma de uma escola no bairro do Engenho de Dentro, subúrbio do Rio de Janeiro.
Palavras-chave
chave: Ensino de História; Memória; Narrativa; Didática
Link
Dissertação