• Quem é Quem - Profhistória
  • Facebook
  • Youtube

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 408 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
LUCÉLIA SILVA DE SALES FRANÇA ENSINO DE HISTÓRIA E LETRAMENTO NA EJA: COSTURANDO O CONCEITO DE TRABALHO COM ESTUDANTES-OPERÁRIOS DO POLO DAS CONFECÇÕES DO AGRESTE 2019 ELETA DE CARVALHO FREIRE UFPE
Resumo
O presente estudo tem como tema o encontro entre o ensino de História e as práticas de letramento envolvidas no processo de ensinar e aprender sobre o mundo do trabalho. Adentrando na especificidade da pesquisa, nosso objetivo foi compreender a relação entre as práticas de letramento de estudantes do ensino médio da Educação de Jovens e Adultos e suas aprendizagens sobre o conceito de trabalho e o mundo do trabalho em aulas de História. Para isso, realizamos uma pesquisa da modalidade participante, cuja metodologia foi coletar e analisar, através de um questionário, dados referentes à concepção dos estudantes com relação às aulas de História, às suas práticas de letramento e à sua relação com o trabalho, para, posteriormente, elaborar uma sequência didática com o tema “Historicidade do conceito de trabalho”. A questão que orientou o estudo foi: qual a relação entre as práticas de letramento de estudantes do ensino médio da Educação de Jovens e Adultos e suas aprendizagens sobre o conceito de trabalho e o mundo do trabalho? Na busca por respostas, nosso referencial teórico incluiu categorias como história local, trabalho, Educação de Jovens e Adultos e letramento, pensadas a partir dos escritos de Ciampi (2007), Gonçalves (2007), Samuel (1990), Braverman (1974), Marx (2001), Frigotto (2005), Harvey (1993), Kleiman (1998), Soares (1999), Arroyo (2017), entre outros. A análise dos dados revelou a necessidade de um trabalho pedagógico que priorizasse a problematização dos conceitos relacionados ao mundo do trabalho, haja vista a maioria da turma ser formada por operários do polo de confecções do Agreste de PE, e a criação de possibilidades diversas de letramento por meio da aprendizagem desse conteúdo histórico trabalhado. Dessa forma, foi elaborada uma sequência didática com estes objetivos para ser apresentada como produto final desta pesquisa e ser disponibilizada como proposição didática para outros professores.
Palavras-chave
Ensino de História; Educação de Jovens e Adultos; Saberes e práticas no espaço escolar; Letramento;Mundos do trabalho
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
DANIELLY FRANCISCO DOS SANTOS MENDES OBRAS DE ARTE DO PERÍODO HOLANDÊS NO LIVRO DIDÁTICO DE HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL 2019 ELETA DE CARVALHO FREIRE UFPE
Resumo
Esta pesquisa tem como tema as “obras de arte do período holandês no livro didático de história do ensino fundamental”. Seu objetivo foi compreender como o livro didático de História dos anos finais do Ensino Fundamental aborda obras de arte referentes ao período holandês no Brasil. Para isso, desenvolvemos uma pesquisa documental que tomou como objeto de análise quatro livros didáticos de história, aprovados para o PNLD 2017. Analisamos os dois livros didáticos mais adotados e os dois menos adotados pelas escolas brasileiras. Buscamos identificar as relações entre a arte e a história, compreedendo a arte como narrativa histórica que conta sobre modos de vida; identificar e analisar as propostas de uso de obras referentes ao período holandês no Brasil em livros didáticos do 7º ano do ensino fundamental; e propor uma sequência didática com uso de obras do período holandês como recurso didático e como fonte histórica. Para atingir os objetivos da investigação traçamos um histórico sobre o Ensino de História com apoio em Fonseca, T. (2003); Anastasiou (1998); Viamonte (2011), entre outros. A análise das obras de arte referentes ao período holandês nos livros didáticos esteve apoiada nos estudos de Miranda e Luca (2004); Andrade (2013), Gasparello (2013), entre outros; Os resultados apontam que as obras de arte do período holandês são abordadas no livro didático de forma secundarizada, ora assumindo o lugar de recurso didático complementar, ora tendo presença apenas ilustrativa nos livros. Os resultados apontados pela pesquisa subsidiaram a elaboração de uma Sequência Didática para o ensino de história, apresentada por meio de um caderno didático.
Palavras-chave
Ensino de História; Aprendizagem histórica; Livro Didático; Arte holandesa no Brasil; Linguagens e narrativas históricas
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
LEVI CAVALCANTI SILVA ENSINO DE HISTÓRIA E DIREITOS HUMANOS: A REVOLTA DA CHIBATA COMO UM TEMA SENSÍVEL PARA ALÉM DA SALA DE AULA 2019 HUMBERTO DA SILVA MIRANDA UFPE
Resumo
A relação entre o ensino de História e os direitos humanos ocorre através da perspectiva da transversalização de temas sensíveis em processos de ensino-aprendizagem da História, como a violência das “punições exemplares”, motivadoras de movimentos sociais de luta por direitos na Velha República, junto com a violência empregada pelo Estado brasileiro aos líderes desses movimentos. Este trabalho tem o objetivo de debater a transversalidade dos direitos humanos no ensino de História, através de abordagens didáticas do Movimento dos Marinheiros de 1910, no Ensino Fundamental. A partir de consulta bibliográfica e análise de um livro didático para o ensino de História, a pesquisa busca responder à indagação sobre como trabalhar o Movimento Reivindicatório dos Marinheiros de 1910 como um tema sensível. Para percorrer esse caminho, decidimos analisar as novas perspectivas do ensino de História e suas relações com os direitos humanos e discutir a “Revolta da Chibata” como um tema sensível, para além da sala de aula, por meio das novas perspectivas historiográficas desse acontecimento histórico. Além disso, a pesquisa objetiva elaborar uma proposta didática visando contribuir para a aprendizagem histórica do Movimento dos Marinheiros de 1910, demonstrando a relação entre o ensino de História e uma educação para os direitos humanos, mediante processos de ensinoaprendizagem do referido acontecimento histórico.
Palavras-chave
ProfHistória, Ensino de História, Direitos Humanos, Revolta da Chibata, Tema sensível, Aprendizagem histórica
Link
Dissertação