• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 259 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
EDENILSON JOSÉ DE MORAIS APRENDIZAGEM HISTÓRICA ATRAVÉS DAS PINTURAS DE MOACYR FREITAS: OS USOS E APROPRIAÇÕES DE IMAGENS NO ENSINO DE HISTÓRIA REGIONAL 2018 RENILSON ROSA RIBEIRO UFMT
Resumo
Esta dissertação teve como objetivo principal investigar a utilização da iconografia no ensino de História Regional, particularmente recorrendo aos quadros históricos produzidos pelo pintor cuiabano Moacyr Freitas e presentes no livro didático História de Mato Grosso: da ancestralidade aos dias atuais, que se constituíram em nosso objeto de estudo. Pretendeu-se analisar a maneira como estas imagens incorporaram o discurso oficial, produzido pelo Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso. Procurou-se verificar que escritores e historiadores influenciaram na elaboração das telas e que intencionalidades podem ser evidenciadas ao se observar estes quadros históricos. Procurou-se enfatizar de que maneiras o professor de História da Educação Básica pode fazer uso de tais imagens na sala de aula procurando compreendê-las e interpretá-las de maneira crítica juntamente com os alunos. Para o desenvolvimento desse trabalho foram utilizadas as reproduções das obras de Moacyr Freitas, pintor e escritor, membro do IHGMT, instituo histórico que contribuiu para construção de uma identidade regional mato-grossense e para a legitimação de uma História oficial de orientação positivista.
Palavras-chave
ProfHistoria REPRESENTAÇÕES IMAGÉTICAS ICONOGRAFIA HISTÓRIA DA ARTE DIDÁTICA DA HISTÓRIA REGIONAL ENSINO DE HISTÓRIA
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
FRANCISCO PAULO FALBO GONTIJO GUIA DIDÁTICO DA HISTÓRIA DE FORMOSA-GO: ENTRE A HISTÓRIA E A MEMÓRIA – RELEITURAS PARA O ENSINO DE HISTÓRIA 2018 ALEXANDRA LIMA DA SILVA UFMT
Resumo
O trabalho objetiva contribuir com a historiografia local, sobretudo a de cunho didático, voltada para o Ensino de História, tendo por objeto a história de Formosa, de forma tal que, como produto desse estudo, resulte um “Guia Didático da História de Formosa”, colaborando de forma prática com o Ensino de História - regional, cultural ou patrimonial - na região, fortalecendo, também, sua identidade. Foi feita uma análise e compilação de dados de obras preexistentes que, no entanto, dispunham o tema de forma fragmentada e sem um caráter didático que contribuísse para a instrumentalização do ensino. Não há, aqui, muitas revelações ou descobertas - fui mero historiador da historiografia e um esforçado intérprete daquilo que eles, sim, descobriram -, mas uma coleta e uma disposição das informações ali colhidas, visando sua aplicação no Ensino de História no Ensino Médio, na Graduação e na consulta por leigos interessados no assunto. A proposta é uma abordagem confiável, contemplando o essencial para introduzir-se na história local, uma porta de entrada, referenciando, entretanto, cada assunto, guiando o leitor para obras onde possa aprofundar-se em aspectos específicos segundo seu interesse. Foi empreendido um esforço em relacionar e interpretar alguns eventos ali narrados, resumindo-os e dispondo-os de forma mais inteligível e prática aos iniciantes, partindo, contudo, de critérios da ciência historiográfica, para que possa ser considerada uma fonte segura de consulta e em sintonia com as diretrizes do ProfHistória, atendendo às finalidades do programa de qualificar, habilitar e fomentar os profissionais da área, objetivando um Ensino de História mais crítico e eficiente. Assim, parte dessa pesquisa e dessa produção integram a presente dissertação, que, esperamos, venha a compor, após concluídas pesquisas suplementares aqui não contempladas, o referido “Guia Didático da História de Formosa”, que, anseio, possa agregar ao ensino da História regional em Formosa-GO.
Palavras-chave
ProfHistoria GUIA DIDÁTICO ENSINO DE HISTÓRIA FORMOSA-GO
Link
Dissertaçao
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
GISELI ORIGUELA UMBELINO APRENDER A DESAPRENDER PARA REAPRENDER”: A PERSPECTIVA DA DESCOLONIZAÇÃO DO GÊNERO NO ENSINO DE HISTÓRIA 2018 ANA MARIA MARQUES UFMT
Resumo
A presente dissertação objetiva produzir articulações teóricas dos campos de gênero, interseccionalidade e decolonialidade, considerando os marcadores de gênero, classe e raça/etnia. A análise das articulações teóricas foi realizada com o intento de produzir reflexões úteis sobre a formação continuada de professoras/es da educação básica. Nesse sentido, o foco da pesquisa voltou-se para as demandas da rede pública de Mato Grosso, cujo produto final foi o desenvolvimento de uma proposta de formação continuada com a temática: “Gênero, Interseccionalidade e Decolonialidade: perspectivas e abordagens para a descolonização do gênero no ensino de história”. Com o desenvolvimento da pesquisa, ao priorizar o destaque às produções regionais de mulheres, buscou-se reconhecer o trabalho acadêmico e científico feminino como predominante. Desse modo, espera-se contribuir para um ensino de história comprometido com o desenvolvimento de novas formas de pensar o mundo. Sem ignorar os obstáculos impostos a esse caminho formativo, ao problematizarem as relações de poder produtoras de desigualdades, pretende-se sublinhar as contribuições destas categorias para o necessário exercício de se perceber, repensar e mudar práticas educativas.
Palavras-chave
ProfHistoria ENSINO DE HISTÓRIA GÊNERO RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS DESCOLONIZAÇÃO DO GÊNERO FORMAÇÃO DOCENTE FORMAÇÃO CONTINUADA
Link
Dissertaçao