• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 220 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ANTÔNIO GUANACUY ALMEIDA MOURA WEBQUEST’S: POSSIBILIDADES NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE HISTÓRIA 2018 BRAZ BATISTA VAS UFT
Resumo
As transformações causadas na sociedade pelo uso das tecnologias digitais da informação e comunicação (TDIC), estão presentes em todas as instituições e espaços sociais, dentre estes o ambiente escolar, refletindo-se sobre as formas de pensar, ensinar e fazer educação. Nesse sentido, pretende-se por meio desta dissertação de mestrado mostrar os resultados da aplicação da metodologia educacional WebQuest, metodologia colaborativa de pesquisa, orientada na internet e elaborada com suporte tecnológico digitais. O objetivo desta pesquisa é investigar as possíveis potencialidades e as fragilidades da WebQuest na aprendizagem de História em uma turma da segunda série do ensino médio. Para tanto, foi necessário refletir se o uso do WebQuest, que é uma metodologia amparada aos recursos tecnológicos, pode contribuir com a aprendizagem histórica dos alunos que a utilizam. A investigação deu-se através de uma pesquisa de campo de natureza descritiva-exploratório, com alunos da turma “A” do segundo ano do ensino médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins-IFTO, Câmpus Dianópolis. A pesquisa constituiu-se por meio da aplicação de questionários via plataforma Survey Monkey, desenvolvimento e aplicação de uma WebQuest, coleta de informações compartilhadas via aplicativo móvel de comunicação e registro das observações, por meio de uma ficha de observação, provenientes do contato in loco e, por fim, para análise das respostas às questões fechadas, obtidas mediante aplicação dos questionários, utilizou-se a estatística descritiva, sendo os dados submetidos ao software estatístico IBM- SPSS V 23.0, software, que facilita a interpretação, análise, gerenciamento dos dados e compartilhamento dos resultados. Os dados obtidos indicam que há algumas limitações relacionadas ao uso pedagógico de tecnologias digitais no espaço escolar, e que o uso da metodologia Webquest aplicada ao ensino de História, pode favorecer a aprendizagem colaborativa entre os alunos e facilitar o acesso a fontes diversas por meio da pesquisa orientada na internet.
Palavras-chave
ProfHistoria, Ensino de História, WebQuest, Narrativas Históricas, Ensino Médio
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
FRANCIELE SIQUEIRA MIOTTO OS CAMINHOS DA FÉ EM JESUÍTAS: IDENTIDADE E MEMÓRIAS DE ONTEM E DE HOJE 2018 CRISTINA SATIÊ DE OLIVEIRA PÁTARO UNESPAR
Resumo
A pesquisa busca investigar as influências da religião católica na fundação, desenvolvimento e constituição identitária do município de Jesuítas, localizado na região oeste do Paraná. Tais influências são perceptíveis, por exemplo, na nomenclatura de ruas, avenidas e também em bairros jesuitenses. Todavia, essas características não se mostram constantes nos bairros e ruas criadas nas últimas duas décadas, evidenciando tentativas de jogos de poder e a fluidez na constituição das memórias coletivas. Nesse sentido, o objetivo desta investigação é o de organizar um produto didático de aulas de História pensadas para o primeiro ano do Ensino Médio, vinculadas a disciplina História dentro da temática Cultura e Patrimônio, o qual permita ao estudante a discussão das relações envolvidas na construção de sua história, memórias e identidades. Como base teórica, usou-se a literatura sobre o ensino de História, enfatizando a importância do uso diversificado de fontes, tais como fotos, figuras, entrevistas e trabalho de campo. Entendemos que refletir sobre a história e sobre os lugares dos sujeitos históricos acarreta o entendimento sobre como são construídas e analisadas as diferentes identidades e relações de poder, de modo que tais elementos devem estar presentes nos processos de ensino e aprendizagem da História na Educação Básica. O trabalho culmina na produção e desenvolvimento de uma sequência didática, registrada em portfólio confeccionado pelos próprios estudantes, cujas atividades incluem, entre outras, um estudo do espaço central do município, da toponímia de suas ruas, de textos reflexivos sobre identidade, memória e patrimônio, além de uma resenha crítica de um livro produzido pela Paróquia Santo Inácio de Loyola, que trata da constituição do município de Jesuítas a partir do olhar da Igreja Católica.
Palavras-chave
ProfHistória; Ensino de História; Saberes históricos no espaço escolar; História; Identidade; Memória; Religião Católica.
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
FELIPE SILVA VEDOVOTO O ENSINO DE HISTÓRIA NOS ANOS INICIAIS: DESAFIOS E PRÁTICA DOCENTE EM MATO GROSSO DO SUL 2018 MARINETE APARECIDA ZACHARIAS RODRIGUES UEMS
Resumo
Esta dissertação pretende apresentar como a prática docente em História vem se efetivando nos anos iniciais do Ensino Fundamental em Mato Grosso do Sul e como os conteúdos históricos têm sido abordados nessa etapa de ensino. Além disso, visa compreender qual o perfil profissional dos professores (grande parte formados em Pedagogia), os desafios e dificuldades enfrentadas por eles e qual sua concepção sobre diversos elementos que envolvem a prática cotidiana, incluindo quanto ao seu preparado para ensinar História às crianças. Para esta investigação foram coletados dados de caráter amostral por meio de questionários respondidos por professores que atuam no ensino público estadual nos municípios de Amambai, Dourados, Itaquiraí, Naviraí, Paranhos e Ponta Porã, situados na região sul do estado. As informações foram analisadas levando em consideração a produção acadêmica na área, reunida por meio do levantamento bibliográfico, e também pelas legislações e documentos norteadores produzidos pelo poder público, como a LDB, os PCN’s de História, Resoluções e o Referencial Curricular da SED/MS. Por meio das reflexões observou-se que o ensino de História nos anos iniciais é um campo de estudo que começa a se consolidar, mas que em alguns momentos tende a estigmatizar o professor pedagogo que, apesar da ausência de materiais didáticos, demandas internas e externas e problemas pertinentes à formação inicial e continuada, tem se adaptado mediante sua experiência ao ministrar os conteúdos históricos. Sugere ainda alguns pontos de partida rumo à valorização profissional e melhoria do ensino de História nos anos iniciais.
Palavras-chave
Ensino de História; Saberes e práticas no espaço escolar; Escola, currículo e ensino de História; Anos Iniciais; Ensino Fundamental; Experiências e prática docente.
Link
dissertação