• Quem é Quem - Profhistória
  • Facebook
  • Youtube

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 408 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
CLEUDINEIA ELIAS DA SILVA PEDROSA OS SABERES DAS MULHERES DE BARRO DE PARAUPEBAS - PARÁ (2019-2021): CONTRIBUIÇÕES PARA APRESNDIZAGEM CRÍTICA 2021 VERA LÚCIA CAIXETA UFT
Resumo
A presente pesquisa tem como temática os saberes que são produzidos pelas mulheres da Cooperativa Mulheres de Barro na cidade de Parauapebas, no estado do Pará. Utilizando a perspectiva analítica da decolonialidade, com o objetivo de historicizar os saberes produzidos por quatro mulheres artesãs e colocá-las como sujeitas de um processo histórico, rompendo com uma historiografia tradicional, na qual o pensamento patriarcal e machista são marcas predominantes de dominação do masculino sobre o feminino. No início da pesquisa foi aplicado um questionário junto aos estudantes sobre mulheres, aprendizagem e metodologia nas aulas de História e realizado oficinas. Tivemos como respostas diferentes posicionamentos dos estudantes servindo como base para o desenvolvimento do trabalho. Na tentativa de compreender a desqualificação do feminino na sociedade, fiz a seguinte indagação: as experiências vividas pelas mulheres artesãs da Cooperativa Mulheres de Barro são possibilidades de uma aprendizagem crítica? Com este trabalho percebi que historicizar as narrativas dessas artesãs é fomentar possibilidades de emancipação e valorização de seus fazeres. As biografias dessas mulheres artesãs permitiram dar visibilidade acadêmica para elas e a possibilidade de utilização dessas biografias como aporte para aprendizagem da História Local, além do mais o conhecimento dessas narrativas tornam-se uma possibilidade metodológica para uma aprendizagem crítica dos estudantes que, após visitar à cooperativa, passaram a se reconhecer como instrumento para a compreensão de sua própria historicidade, valorizando o seu meio social e se reconhecendo como sujeito(a) histórico(a). Para fundamentar a presente pesquisa utilizei como metodologia a História Oral referenciada por Portelli (1997). Tendo como aporte os ensinamentos de Barca (2004) com o modelo de aula-oficina a fim de promover uma ponte entre o conhecimento teórico e a prática dos estudantes. Ao dialogar com a aprendizagem crítica recorri aos ensinamentos de Freire (1985, 1986, 1987). A possibilidade de conhecer a história dessas mulheres artesãs, com o olhar da (des)colonialidade tive como referência Lugones (2008), Bell Hooks (2013) e Gonzalez (2008). O produto final da pesquisa, consistiu a realização de uma sequência didática para servir como aporte aos docentes que queiram trabalhar com a aprendizagem crítica por meio das visitas a uma cooperativa de mulheres.
Palavras-chave
ProfHistoria; Ensino de História; Mulheres; Cooperativa das Mulheres de Barro de Parauapebas-PA; Aprendizagem Crítica.
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
MARCO ANTÔNIO BUENO BELLO CULTURA POLÍTICA E CONSCIÊNCIA HISTÓRICA ENTRE ESTUDANTES DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO DO COLÉGIO ESTADUAL GUILHERME DOURADO, ARAGUAÍNA-TOCANTINS 2021 MARCOS EDILSON DE ARAÚJO CLEMENTE UFT
Resumo
A presente dissertação, apresentada dentro do âmbito do Profhistória, enquadrada na linha de pesquisa Saberes históricos no espaço escolar, nasceu da seguinte problematização: como verificar a presença ou não de ideias ditas conservadoras e/ou reacionárias e/ou autoritárias e/ou fascistas entre estudantes de turmas de terceiro ano de ensino médio da rede pública estadual na cidade de Araguaína, norte do estado do Tocantins? A disseminação de tais ideias entre os jovens foi percebida pelo autor em seu cotidiano docente, inicialmente em uma escola particular, durante o decorrer do ano letivo de 2017. Estaria correta tal percepção no que dizia respeito ao corpo discente? Estariam os mesmos impregnados com ideias que poderiam ser consideradas conservadoras e/ou reacionárias e/ou autoritárias e/ou fascistas? Através da adoção de diversas práticas metodológicas, tais como confecção de texto redacional, projeção fílmica, grupo focal e roda de discussão, e de acordo com pressupostos teóricos de diversos autores, buscou o autor perceber a presença ou não das ideias anteriormente citadas. Entre os autores utilizados podem ser destacados Jorn Rüsen (2001), René Remond (2003), Norberto Bobbio (1998) e Hannah Arendt (1998).
Palavras-chave
ProfHistoria, Ensino de História, Consciência Histórica, Cultura Política, Totalitarismo, Democracia.
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ADRIANA STIVANELLO O EDUCAR PELA PESQUISA: A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO ATRAVÉS DA METODOLOGIA DE PROJETOS EM UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE PONTA PORÃ-MS 2020 SIRLEY LIZOTT TEDESCHI UEMS
Resumo
A presente dissertação, apresentada ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Ensino de História - ProfHistória, vincula-se à linha de Pesquisa Saberes Históricos no Espaço Escolar e propôs-se a analisar o ensino de História e o educar pela pesquisa, mais especificamente, a construção do conhecimento histórico por meio da metodologia de projetos, a partir da experiência de trabalho, desenvolvida no Ensino Fundamental de uma escola pública da rede básica de educação localizada no Município de Ponta Porã-MS. Buscamos aporte teórico para a análise, na historiografia e no campo da educação, para compreender as diferentes abordagens e práticas desta metodologia de ensino, as implicações na produção do conhecimento histórico no contexto escolar, assim como, as implicações dessa forma de ensinar História na formação da consciência histórica dos/as alunos/as. É uma pesquisa de caráter qualitativo e a produção de informações deu-se por meio da análise documental e aplicação de questionário, composto de questões abertas e fechadas, a professores/as do Ensino Fundamental da escola lócus da pesquisa. Foram utilizados os critérios, sob a técnica da observação direta extensiva e da observação documental, para que pudéssemos identificar as abordagens dos/as professores/as no uso da pesquisa como recurso didático nas aulas de História. As informações produzidas no decorrer desta dissertação nos permitiram uma fundamentação sobre a metodologia e a compreensão da relação que se estabeleceu entre os professore/as e está metodologia e entre os/as alunos/as e o conhecimento histórico. Deste modo, a pesquisa contribui com reflexões sobre propostas de ensino de história que visam qualificar a construção do conhecimento histórico e, principalmente, a consciência histórica.
Palavras-chave
ProfHistória; Ensino de História; Aprendizagem histórica; Metodologia de projetos; Consciência histórica
Link
Dissertação