• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 259 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
JORGE EVERALDO PITTAN DA SILVA ENSINO HÍBRIDO: POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES PARA A QUALIFICAÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA NO ENSINO MÉDIO 2016 CLAUDEMIR DE QUADROS UFSM
Resumo
Este trabalho tem como finalidade investigar se a implementação de atividades baseadas no Ensino Híbrido contribuem para a qualificação do ensino-aprendizagem de história no Ensino Médio. Inicialmente, foi feita uma abordagem do ensino de história ao longo tempo chegando ao momento atual, marcado pelo uso das tecnologias. Nesse contexto, aborda-se o Ensino Híbrido, conjunto de práticas que buscam conciliar o uso das tecnologias digitais ao espaço da sala de aula tradicional. A partir disso, buscou-se organizar atividades embasadas nos conceitos do Ensino Híbrido, as quais foram aplicadas nas turmas 3º 1 e 3º 3 do Ensino Médio do Instituto Estadual de Educação Professor Annes Dias de Cruz Alta. Dois modelos foram desenvolvidos: Sala de Aula Invertida e Rotação por estações Estas atividades foram colocadas em prática tendo como princípio norteador a de uma Metodologia de Pesquisa Qualitativa, pois não buscou evidenciar dados fechados através de números, mas sim reflexões a partir das observações feitas em sala de aula. As análises serviram para verificar que realmente existe um potencial qualitativo no modelo híbrido, na medida em que houve maior envolvimento dos estudantes, bem como, potencialização do processo de ensino-aprendizagem. Contudo, ainda existem alguns limites no que diz respeito ao acesso às tecnologias nas escolas, falta de capacitação de professores no uso dos recursos digitais e apego de muitos alunos ao modelo tradicional de ensino, baseado na ideia do professor como o centro do processo de ensino e aprendizagem.
Palavras-chave
Educação, Ensino de História, Ensino Híbrido, Metodologia de Ensino, Uso de tecnologias na educação
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
MARILEN FAGUNDES PERES PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO-PEDAGÓGICO PARA A VALORIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DE TUPANCIRETÃ 2016 JORGE LUIZ DA CUNHA UFSM
Resumo
O presente trabalho pretende tratar de questões ligadas ao patrimônio histórico e cultural do municipio de Tupanciretã, a partir de uma visão voltada para educação patrimonial, buscando instrumentalizar docentes e discentes a partir de um material no qual aborde as questões da história do municipio a partir da valorização do patrimônio histórico e cultural.O material deve ser disponibilizado para que amapare os professores no ensino de história local, o qual existe muita carência de material para ser trabalhado. Tentando mostrar uma visão de história que inclua a vária gama de grupos sociais que contribuíram para a formação do município partindo do seu passado missioneiro . Para isso é preciso que nos pautemos a partir de alguns conceitos fundamentais que respaldarão três eixos principais: ensino e aprendizagem/educação, ensino de história/história local; e patrimônio histórico cultural/educação patrimonial. A história a ser contada deve partir sempre que possível (dificuldade de fontes confiáveis) incluindo as classes populares, os trabalhadores, os negros, os pardos, não abordando apenas as classes privilegiadas as quais estão sempre presentes nos memoriais já produzidos sobre história do muncípio e verificada também no Museu Municipal. O trabalho será dividido em capítulos , sendo que nos capítulos introdutórios nos pautaremos principalmente a partir das questões teóricas , um anexo deverá conter o material produzido para ser utilizado pelos docentes e finalmente no capítulo final faremos um balanço para encerrar o trabalho, buscando fazer as amarras para finalizá-lo.
Palavras-chave
História local, patrimônio cultural, ensino, Tupanciretã
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
MAURÍCIO JOSÉ ADAM PEDAGOGIA HISTÓRICO CRÍTICA E EDUCAÇÃO HISTÓRICA: CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE HISTÓRIA NAS ETAPAS 7,8 E 9 DO EJA 2016 JORGE LUIZ DA CUNHA UFSM
Resumo
O presente trabalho consiste em uma proposta de oficina construída a partir de uma pesquisa entre estudantes das etapas 7,8 e 9 do Ensino de Jovens e Adultos em uma escola pública da rede estadual do Rio Grande do Sul. Através desta pesquisa buscou-se analisar o interesse dos estudantes pelo conhecimento da história como componente curricular e as contribuições do conhecimento produzido por esse componente no cotidiano dos estudantes e em suas práticas de orientação no tempo. A partir dessa coleta de informações, foi possível identificar que o interesse dos estudantes pelo conhecimento histórico é majoritariamente por simples curiosidade, evidenciou-se também que os estudantes não entendem o presente como resultado de eventos passados. Com base nessas constatações tornou-se possível organizar teoricamente uma oficina para professores que contemple os conceitos da pedagogia histórico crítica construídos por Dermeval Saviani e da Educação Histórica de Jörn Rüsen visando a qualificação profissional dos professores através das prerrogativas teóricas anteriormente mencionadas. Essa prática fundamenta-se na possibilidade e relevância de fomentar discussões acerca do conhecimento histórico produzido e divulgado no ambiente escolar, neste caso específico, frequentado por jovens e adultos.
Palavras-chave
Educação Histórica. Ensino. Oficina
Link
dissertação