• Quem é Quem - Profhistória
  • Facebook
  • Youtube

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 408 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
MYLENE SILVA DE PONTES VISANI CONSTRUINDO VISIBILIDADES NA CIDADE DE SÃO JOSÉ/SC: UMA PROPOSTA DE ENSINO DE HISTÓRIA E PATRIMÔNIO CULTURAL DOS POVOS AFRICANOS E AFRODESCENDENTES 2018 MÔNICA MARTINS DA SILVA UFSC
Resumo
Este trabalho apresenta uma proposta metodológica de ensino de História que problematiza a cidade e seus diferentes espaços de memória articulados ao debate das relações étnico-raciais. A pesquisa promoveu o uso de fontes históricas agenciadas para a reflexão sobre o Patrimônio Cultural articulado à história de povos africanos e afrodescendentes, construindo, em conjunto com alunos (as) de uma turma de oitavo ano do Colégio Municipal Maria Luiza de Melo, reflexões históricas, por meio de debates, discussões, leitura, escrita e análise de documentos que deram origem a um Roteiro Histórico, que visa dar visibilidade à presença de povos africanos e afrodescendentes, questionando os marcos urbanos da cidade de São José/SC. As atividades foram construídas e desenvolvidas a partir dos eixos: análise dos conhecimentos prévios dos (as) alunos(as); atividades de leitura e escrita a partir de textos didáticos sobre o Patrimônio Cultural; análise de diferentes fontes históricas sobre a história dos povos africanos e afrodescendentes; e a cidade como espaço de educação patrimonial por meio de um roteiro histórico. São apresentadas as propostas de atividades, a análise das diferentes etapas de desenvolvimento desse trabalho, refletindo-se sobre alguns elementos da prática pedagógica da professora pesquisadora que é autora da pesquisa e também alguns elementos da recepção dos alunos envolvidos. Por fim, é apresentado um roteiro didático destinado a professores com a finalidade de expor cada uma das etapas da atividade e também uma proposta de percurso pela cidade de São José, por meio de um folder específico, como resultado final do trabalho desenvolvido no decorrer das etapas anteriores.
Palavras-chave
Ensino de História; Patrimônio Cultural; História Local; Povos africanos e afrodescendentes, cidade de São José
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ERNESTO PADOVANI NETTO ENSINO PARA DIFERENTES SUJEITOS: O ACESSO DE ALUNOS SURDOS ÀS AULAS DE HISTÓRIA 2018 CONCEIÇÃO MARIA ROCHA DE ALMEIDA UFPA
Resumo
Este trabalho se desenvolve a partir da reflexão em torno do ensino de História para pessoas surdas, as quais não são contempladas pelo método de exposição oral, frequentemente utilizado pelos professores da disciplina. Apontando para um ensino baseado no bilinguismo: Língua de Sinais Brasileira (LSB) e Língua Portuguesa na modalidade escrita, e na pedagogia visual, apresentamos metodologias de ensino de História que possam garantir aos alunos surdos o acesso necessário aos conteúdos escolares. Dentro dos debates aqui colocados, damos ênfase ao sujeito surdo como alguém que a partir de uma dada consciência histórica passou a reivindicar para si conquistas de direitos nos mais variados setores da sociedade, sendo que destacamos os avanços no campo da educação. Além disso, propomos ouvir pais de estudantes surdos, diretores de escolas que possuem surdos matriculados, professores ouvintes de alunos surdos na rede regular de ensino, e principalmente “ouvir” os próprios alunos surdos, destacando as experiências vividas por estes no contexto da chamada escola inclusiva, especificamente na escola Luiz Nunes Direito, unidade regular considerada de referência na inclusão de alunos da chamada educação especial no bairro do Coqueiro, na cidade de Ananindeua-Pará, para assim termos uma ampla leitura das questões que envolvem a aprendizagem histórica dos sujeitos surdos. Desta forma foi possível fazermos uma diagnose sobre as vivências dos alunos nas aulas de História, assim como apontarmos estratégias metodológicas no sentido de potencializar a aprendizagem dos alunos surdos em relação à disciplina História. Como produto da dissertação, construímos um canal no YouTube e uma página no Facebook intitulada História em Libras, onde disponibilizamos videoaulas de História em Língua de Sinais.
Palavras-chave
ProfHistória Ensino de História; Educação Básica; Educação de Surdos; Bilinguismo; Pedagogia Visual
Link
Dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ERIKA MINAS RIBEIRO HISTÓRIA ORAL E HISTÓRIA DO FUNK NAS ESCOLAS 2018 SAMANTHA VIZQUADRAT UFF
Resumo
Resumo: O presente trabalho trata-se de uma experiência pedagógica em ensino de História, realizada no Colégio Estadual Augusto CezárioDiáz André, nos anos de 2017 e 2018, com alunos das turmas de 7º ano e 9º ano do Ensino Fundamental. Buscou-se inserir a metodologia de pesquisa científica em sala de aula, a fim de proporcionar análise e promoção da apreensão de conceitos históricos pelos educandos. Assim, a partir da metodologia de História Oral os estudantes elaboraram pequenas narrativas a respeito da História do Funk no Município de São Gonçalo. O trabalho seguiu o campo de pesquisa denominado Educação Histórica, preocupando-se em entender a formação de conceitos históricos e os sentidos dados pelos educandos à História. Ao mesmo tempo, o trabalho com a cultura funk proporcionou a inserção da cultura juvenil no espaço escolar, além de discussões a respeito de gênero, das relações étnico-raciais, da criminalização da pobreza e da presença da História da cultura afro-brasileira.
Palavras-chave
: Ensino de História. Aprendizagem Histórica. História Oral. Memória e Identidade. Funk
Link
Dissertação