• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 259 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
HELENA CRISTINA DIAS DE OLIVEIRA BARBOSA DESAFIOS DA HISTÓRIA ENSINADA: CONSTRUÇÃO DAS MEMÓRIAS SOBRE A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 2016 REGINA MARIA DA CUNHA BUSTAMANTE UFRJ
Resumo
A presente dissertação discute os conceitos de Patrimônio e Memória com o objetivo de propor a elaboração de uma sequência didática, em que se construa com os alunos uma reflexão sobre as memórias e os silêncios da participação brasileira na Segunda Guerra Mundial. Para tal, foi elaborada uma cartilha na qual são apresentadas atividades a serem desenvolvidas com os alunos da terceira série do ensino médio, a partir de visitas ao Museu Aeroespacial – Musal, no Campo dos Afonsos e a Casa da FEB, ambos no Rio de Janeiro.
Palavras-chave
ProfHistória; Ensino de História; Memória; Patrimônio; Brasil Segunda Guerra Mundial; Sequência didática
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
HUMBERTO SERRABRANCA CAMPOS E SILVA MORTIMER ADLER E O ENSINO DE HISTÓRIA: EDUCAÇÃO LIBERAL, LETRAMENTO E DIDÁTICA 2016 FERNANDO LUIZ VALE CASTRO UFRJ
Resumo
A partir das regras de leitura estabelecidas pelo filósofo da educação, Mortimer J. Adler (1902-2001), pretendo discutir as possibilidades de articulação entre o patrimônio da Educação Liberal e o Ensino de História em ambiente escolar. Para tanto, utilizo-me do conceito de letramento para refletir em torno de atividades que possam viabilizar tanto a ampliação da capacidade de leitura no aluno quanto o cultivo de “competências e habilidades” que serão utilizadas fora da ambiência escolar. Partimos da compreensão de que a Educação transcende a mera escolarização, de forma que o profissional de história deveria ter como horizonte a formação de um ser humano mais completo, cidadão e capaz de intervir conscientemente no presente a partir da ressignificação dos séculos de experiência humana consolidados nos “grandes livros”. Da mesma forma, o trabalho também procurou refletir sobre o formato da escola na perspectiva de Mortimer Adler, as chances de conciliação entre a educação liberal e as pedagogias contemporâneas e, também, sobre o uso da oralidade como meio para aperfeiçoamento do letramento. Ao final, alguns testes práticos procuraram elucidar aspectos da metodologia empregada dentro da sala de aula.
Palavras-chave
ProfHistória; Ensino de História; Educação liberal
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
JESSIKA REZENDE SOUZA ENTRE A CRUZ E O TERREIRO: UMA ANÁLISE EM TORNO DA INTEGRAÇÃO ENTRE A RELIGIOSIDADE AFROBRASILEIRA E O ENSINO DE HISTÓRIA NO MUSEU DO NEGRO 2016 AMILCAR ARAÚJO PEREIRA UFRJ
Resumo
Nos últimos anos, a formação de professores e a produção de materiais didáticos tem se aperfeiçoado no sentido de atender as demandas inauguradas pela Lei 10.639/03. Entretanto, percebe-se que, apesar do esforço por evitar o eurocentrismo, compreender africanos e afro-brasileiros enquanto agentes históricos ativos e valorizar a cultura de matriz africana, os temas ligados à religiosidade africana e afro-brasileira seguem silenciadas nas salas de aula. Neste trabalho, problematizamos a persistente marginalização das manifestações culturais ligadas a temática religiosa no Ensino de História, ainda que, após a implementação da Lei 10639/03. Tomamos por objeto, enquanto um estudo de caso, a atual exposição do Museu do Negro a fim de explicitar a possibilidade de uma abordagem histórica que integre aspectos culturais, atribuindo historicidade aos mesmos, visto que, o Museu do Negro aciona a cultura afro-brasileira, enquanto espaço de resistência, em específico, o âmbito religioso, para construir narrativas históricas sobre as populações negras em diferentes períodos.
Palavras-chave
ProfHistória; Ensino de História; Relações étnico-raciais;Educação patrimonial;Museu do Negro.
Link
dissertação