• facebook

Lista das dissertações dos alunos do ProfHistória



Limpar

Foram encontrados 259 registros

Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
AURELIO FERNANDES AS CONCEPÇÕES DE ENSINO DE HISTÓRIA E A CONSCIÊNCIA HISTÓRICA. UM ESTUDO COM ALUNOS DO 3º ANO DO ENSINO MÉDIO REGULAR 2016 MARCUS DEZEMONE UERJ
Resumo
O objetivo dessa investigação didático-histórica com estudantes do terceiro ano do ensino médio regular é refletir sobre o que os estudantes pensam sobre o ensino de História - suas ideias, conceitos, significados, representações, opiniões, gostos e confianças -, seus objetivos e relações com a vida prática. Para tanto, foram estabelecidos diálogos com as contribuições advindas da Teoria da História, aliada aos pressupostos da Didática da História e o conceito de consciência histórica elaborados por Jörn Rüsen. Os dados foram coletados através de instrumentos de investigação composto por um conjunto de questões envolvendo significado, interesse, agrado, confiança, temporalidade, experiência na sala de aula e vida prática. Ao examinar cada questão e suas respostas, foi possível perceber uma multiplicidade de interpretações dos alunos sobre a História, bem como identificar as relações que eles estabelecem com o ensino e a aprendizagem da História e de como estabelecem relação entre o passado e o presente; ou seja, se entendem que os acontecimentos do passado geraram consequências no presente ou podem ajudá-los na orientação de decisões e na resolução de problemas impostos pela vida atual. Os resultados apontam para a necessidade de entender como os saberes históricos escolares atuam na geração de sentido histórico dos estudantes indicando que a História, longe de ser uma “simples matéria escolar” ou um “amontoado de coisas sem sentido”, é, para os alunos, uma disciplina escolar que deve ser valorizada, pois possibilita a interpretação e compreensão da realidade, do presente e da vida pessoal como parte das mudanças que ocorrem na sociedade e também contribui para a orientação das ações humanas.
Palavras-chave
Profhistoria;Ensino de História;Consciência histórica;Aprendizagem Histórica
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
ALYNE SELANO O MUSEU ESCOLAR E REFLEXÕES HISTÓRICAS: USOS E APROPRIAÇÕES DA MEMÓRIA NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO GOVERNADOR ROBERTO SILVEIRA 2016 CARINA MARTINS COSTA UERJ
Resumo
O trabalho em questão foi elaborado a partir da motivação em dinamizar o Instituto Histórico do Instituto de Educação Governador Roberto Silveira, escola da rede estadual de ensino, localizado no município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, através da produção de uma exposição com fontes selecionadas pelos alunos atuais do Ensino Médio Normal Formação de Professores, que se dedicaram voluntariamente desde que estavam no nono ano do Ensino Fundamental II às diferentes atividades propostas no decorrer de um ano e meio, entre os anos de 2015 e 2016, tornando-se produtores da exposição “Nosso Espaço, Nosso Tempo: diálogos com os tempos no IEGRS”. Essa experiência contou com as reflexões a respeito da história, memória e patrimônio, utilizando ações voltadas para a educação patrimonial através de dinâmicas que possibilitaram esse grupo de alunos a pensar e intervir naquele espaço, propondo um diálogo com os objetos de outras temporalidades. A construção da exposição pelos alunos-produtores visou ampliar o horizonte de aprendizagem, superar os desafios que se colocaram pelo caminho e possibilitar a ressignificação do espaço por eles e, não somente isso, despertar a curiosidade e o interesse dos alunos-visitantes, ampliando o convite à reflexão sobre o Instituto, a história, a memória e sobre o próprio aluno enquanto protagonista da sua história dentro e fora da escola.
Palavras-chave
Profhistoria;Ensino de História;Museu Escolar;Educação Patrimonial.;Instituto de Educação Governador Roberto Silveira
Link
dissertação
Autor Título da Dissertação Ano Orientador Instituição
MARCIA DE SOUSA DA SILVA MAIA PARQUE INDÍGENA DO XINGU: UM JOGO PARA A LEI 11.645/2008 2016 EUNÍCIA BARROS BARCELOS FERNANDES PUC-RIO
Resumo
É apresentado um material didático para o Ensino Fundamental II em formato de um jogo pedagógico que tem como objetivo informar sobre indígenas contemporâneos. Através deste jogo, o aluno terá acesso a dados sobre algumas etnias do Parque Indígena do Xingu (PIX) e a temas que as envolvem, tais como formação e disputa de território; relação entre indígenas e natureza; relação entre diferentes indígenas entre si; relação entre indígenas e o restante da sociedade. O jogo pretende construir uma perspectiva histórica diferenciada, afastando-se do modelo de narrativa linear que apresenta verdades e promovendo uma percepção de história dinâmica, permeada por conflitos e questões não resolvidas, expressando que a história é mudança. O jogo aposta na apresentação dos indígenas como protagonistas na sociedade contemporânea.
Palavras-chave
Xingu; jogo pedagógico; Lei 11.645/2008; indígenas
Link
dissertação